Redes Sociais

Cidades

Rio Preto fica com o 4º lugar no Programa Município Verde Azul

Município fez 95 pontos atingindo a nota máxima em 9 das 10 diretivas; cidades agora são divididas por grupos de acordo com a população

Publicado há

em

Divulgação/ Secretaria do Meio Ambiente

Rio Preto destacou-se mais uma vez no ranking ambiental do Estado de São Paulo por meio do Programa Município VerdeAzul (PMVA), evidenciando sua eficiente gestão na área ambiental. O município ficou em 4.º lugar no entre os municípios com população entre 100.000 a 499.999 habitantes, atingindo nota máxima em 9 das 10 diretivas analisadas.

A premiação do ciclo 2022/2023 do PMVA aconteceu na tarde da terça-feira, 19/12, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista. A cerimônia contou com a presença do governador, Tarcísio de Freitas; de Mara Ramos, superintendente do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica); Natália Resende, secretária do Meio Ambiente Infraestrutura e Logística; André do Prado, presidente da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo); Samanta Souza, subsecretária de Recursos Hídricos e Saneamento Básico e Jonatas Trindade, subsecretário de Meio Ambiente.

Representando Rio Preto, participaram da premiação a Secretária Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Kátia Penteado; o assessor da pasta, Alexandre do Carmo e o gestor ambiental do Semae, Luiz Braga.

A Secretária de Meio Ambiente comemorou a premiação, mais uma vez entre os primeiros do ranking de gestão ambiental do Estado. “É sempre uma grande conquista, que reflete avanços constantes que estamos fazendo em todas as áreas que compõem o desenvolvimento sustentável do município. A meta é seguir avançando”, destacou Kátia.

Rio Preto já conquistou o primeiro lugar do ranking do PMVA nos anos de 2018, 2019 e 2020. Esta é a primeira edição em que o ranking é dividido por grupos, de acordo com a população. Dentre os municípios que integram a Bacia Hidrográfica Turvo Grande só Rio Preto foi certificado e premiado no Grupo 4.

Sobre o PMVA

Lançado em 2007, o Programa Município VerdeAzul (PMVA) da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil) visa estimular e auxiliar as Prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável no estado de São Paulo, com foco na descentralização e na valorização da agenda ambiental local.

Mudanças

Neste ciclo 2023, o Programa trouxe algumas novidades que ajudaram a aperfeiçoar as ações municipais na gestão ambiental. Estas mudanças visaram consolidar as diretrizes e promover o avanço da política ambiental no território paulista, convergindo as políticas públicas municipais com as desenvolvidas pelo Governo do Estado de São Paulo.

Algumas mudanças foram importantes nesta nova fase: os Municípios passaram a compor Grupos Específicos de acordo com as faixas populacionais estabelecidas, as diretrizes foram revisadas e critérios de avaliação de passivos ambientais passaram a ser incorporados à metodologia.

São eles: Grupo 1 – Municípios com até 9.999 habitantes Grupo 2 – Municípios que têm de 10.000 a 49.999 habitantes Grupo 3 – Municípios que têm de 50.000 a 99.999 habitantes Grupo 4 – Municípios que têm de 100.000 a 499.999 habitantes Grupo 5 – Municípios com mais de 500.000 habitantes

São José do Rio Preto integra o Grupo 4 – Municípios que têm de 100.000 a 499.999 habitantes. No grupo concorreram à certificação 58 municípios. Para se certificar os municípios precisaram fazer acima de 80 pontos.

AS MAIS LIDAS