Cidades

PRF recupera na BR-153 caminhonete roubada no Rio de Janeiro

As placas do veículo haviam sido clonadas de outro automóvel, idêntico

Na tarde da última quinta feira, dia 30,  policiais rodoviários federais em fiscalização na BR-153 abordaram uma caminhonete, ocupada por um casal, próximo ao município de José Bonifácio. Durante a conferência minuciosa, os policiais constataram que se tratava de um veículo roubado na cidade de Niterói, em 2019. As placas do veículo haviam sido clonadas de outro automóvel, idêntico.

Questionado sobre o fato, o condutor disse ter comprado a caminhonete através de um site de vendas diversas, em Campo Grande/MS. Encaminhado à delegacia de José Bonifácio, o motorista vai responder em liberdade pelos crimes de uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e recepção culposa. A caminhotene foi apreendida para perícia técnica.

 A PRF tem se especializado no combate às fraudes veiculares, sendo responsável pela recuperação de um número crescente de veículos roubados. Em apenas uma semana, por ocasião da Operação Multimodal TAMOIO III, realizada em todo o Brasil entre os dias 18 e 26 de julho, a PRF recuperou 327 veículos.

Dados nacionais

Em 2020, A PRF recuperou, nas rodovias federais que cortam o estado de São Paulo, 239 veículos. No período do ano passado foram recuperados 189. Segundo informações da assessoria de comunicação da PRF, as fraudes veiculares geram a criação de "clones". O veículo roubado recebe identificação copiada de um veículo legalizado.

Com isso, as eventuais multas que o clone recebe recaem sobre o veículo legal, gerando prejuízos incalculáveis a seus proprietários. Em 2017, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) emitiu a Resolução n°. 670, que disciplina o processo para troca de placas de quem teve seu veículo clonado.

Por Da Redação em 31/07/2020 10:35